sábado, 12 de março de 2016

Momentos

"A vida passa tão depressa que, às vezes, a alma não tem tempo de envelhecer..."

Eu diria antes, que "o corpo envelhece e alma rejuvenesce..."
Mas...
Há momentos que tenho de me afastar.
Afasto-me para não magoar...
Cresço ao meu ritmo, isolada em multidões.
Crio expectativas e cobro-as... a quem não sabe o que realmente espero.
Na verdade nem eu sei o que me espera!
Mas é bom ser surpreendida. Por vezes do nada. De onde menos se espera!
É bom...
Rejuvenesce a alma.

Sílvia Queirós Sanches - Março 2016
imagem retirada da Internet