segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Politiquices

Uma vez tive uma acesa discussão com um amigo, via SMS, por causa da política.
Ele acusava o Sócrates e toda a classe política por todas as nossas desgraças, mas eu discordei.
Então entrou-se num autêntico debate político.
Ele lamentava que por causa do Sócrates este país está como esta.
Eu, sem querer defender o primeiro, dizia que esse não tinha culpa das coisas estarem como estão porque afinal o problema não é de agora.
Depois ele já falava do Soares e do que o Sr. pode ter roubado ao estado para a sua fortuna pessoal e blá, blá, blá...
Eu respondi, e responderia de novo porque é esta a minha opinião para o estado da politica actual, que o problema maior não está nos políticos mas sim em nós, no povinho tuga, que só nos sabemos lamentar e criticar os outros em vez de arregaçarmos as mangas e lutarmos por um futuro mais risonho. Perdemos tempo demais a olhar para o que os outros fazem e para os seus erros, mas em vez de aprender alguma coisa com isso, limitamo-nos a dizer mal. Assim Não vamos longe. Estamos sempre a espera de subsídios, de donativos, de esmolinhas, mas fazer alguma coisa para que se deixe de depender disso, não se faz. Caramba! Está bem que a classe política não está a fazer o seu papel como deveria mas também quem os elegeu?
Queriam gente mais capaz? Então quando os nossos pais lutaram pelo 25 de Abril e conseguiram a liberdade politica só tínhamos de continuar essa luta e participarmos mais na continuidade dessa revolução, mas afinal, agimos todos como meninos que recebem uma herança sem saber saber o seu valor, e muitos estoiram-na em 3 tempos. É triste, reflectir sobre isto, porque olhando para traz vejo que tal como todos os outros eu nada fiz, entrei naquele jogo de faz como vês fazer, mas ta errado. Deram-nos uma herança, devia-mos saber geri-la.
Nada de lamentos fadados.
Nada de críticas destrutivas.
Vamos mas é começar por nos valorizar a nós próprios e por conseguinte o nosso meio, será assim tão difícil voltarmos a acreditar que somos uma grande nação?

Por isso hoje fui votar! Não sei se bem, mas votei, pronto!

Agora só tenho pena é que até para se ter um debate político com um amigo já só seja por SMS (mas também me juntei a eles), cada vez menos nos encontramos pessoalmente com os amigos, tenho saudades de estar com o pessoal, de darmos murros na mesa, de vermos as expressões de cada um, de rir-mos juntos das patetices de cada um, de bebermos um copos juntos. Andamos muito virtuais, um dia destes já nem vamos dormir com ninguém, passamos a fazer como num filme do Woody Allen em que até para se ter prazer se ligavam um fios a cabeça, entrava-se numa cabine tipo cabine de duche e passados 5 minutos saía-se de lá satisfeito!) Lol lol
Já estamos quase assim!